top of page
  • Marco Antonio Silva Jorge

10 pontos da Organização Administrativa


10 pontos da Organização Administrativa: Estrutura da administração pública, centralização, descentralização, desconcentração, autarquias, fundações públicas, empresas públicas e sociedades de economia mista


1. Estrutura da Administração Pública:


A estrutura da administração pública refere-se à organização dos órgãos e entidades que compõem o aparato estatal. No Brasil, a administração pública é dividida em direta e indireta. A administração direta compreende os órgãos integrantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, responsáveis pela execução das atividades administrativas de forma centralizada. Já a administração indireta é composta por entidades dotadas de personalidade jurídica própria, que atuam de forma descentralizada em relação ao poder central.


A estrutura da administração pública pode variar de acordo com a organização político-administrativa de cada país. No Brasil, ela é estabelecida pela Constituição Federal e pelas leis específicas que regulamentam cada esfera de governo. Além disso, os órgãos e entidades que compõem a administração pública podem ser criados, extintos, transformados ou reorganizados por meio de atos normativos específicos.


A estrutura da administração pública tem grande impacto na eficiência e na eficácia da gestão pública, pois determina como serão distribuídas as competências e responsabilidades entre os diferentes órgãos e entidades estatais. Uma estrutura bem organizada e articulada pode contribuir para a otimização dos recursos, a melhoria dos serviços públicos e o alcance dos objetivos institucionais.



2. Centralização:


A centralização é um modelo organizacional no qual todas as decisões e atividades administrativas são concentradas em um único centro de poder, geralmente o governo central ou a chefia do poder executivo. Nesse modelo, não há delegação de competências para órgãos ou entidades subordinadas, sendo todas as decisões tomadas diretamente pelo órgão central.


A centralização pode ser adotada por diferentes motivos, como a necessidade de uniformizar políticas públicas, garantir o controle direto sobre determinadas áreas ou promover a eficiência na execução de atividades específicas. No entanto, ela também pode gerar burocracia, morosidade e dificultar a adaptação às demandas locais.


No Brasil, a centralização é mitigada pela existência de órgãos e entidades da administração indireta, que atuam de forma descentralizada em áreas específicas. No entanto, o modelo de centralização ainda prevalece em algumas situações, como na definição de políticas públicas de abrangência nacional.



3. Descentralização:


A descentralização é um modelo organizacional que consiste na transferência de competências e responsabilidades do governo central para órgãos ou entidades subordinadas, localizadas em diferentes níveis de governo ou em áreas específicas de atuação. Esse modelo visa promover a participação e a autonomia das unidades descentralizadas, permitindo que elas atuem de forma mais eficiente e adaptada às peculiaridades locais.


Existem diferentes formas de descentralização, como a descentralização política, administrativa, fiscal e financeira. A descentralização política ocorre quando há a transferência de poder decisório para os entes federativos, como estados e municípios. Já a descentralização administrativa ocorre quando há a delegação de competências para órgãos ou entidades subordinadas dentro da mesma esfera de governo.


A descentralização é considerada um importante instrumento de gestão pública, pois permite uma maior proximidade entre o poder público e os cidadãos, além de facilitar a prestação de serviços públicos de qualidade. No entanto, é necessário que haja mecanismos eficazes de controle e supervisão para garantir a legalidade e a eficiência das ações descentralizadas.




4. Desconcentração:


A desconcentração é um modelo organizacional que consiste na redistribuição interna de competências e responsabilidades dentro da estrutura da administração pública centralizada. Ao contrário da descentralização, que envolve a transferência de poder para entidades autônomas, a desconcentração mantém a subordinação dos órgãos desconcentrados ao órgão central, que mantém o controle hierárquico sobre suas atividades.


A desconcentração é comumente utilizada para desafogar a carga de trabalho do órgão central, permitindo uma melhor distribuição de tarefas e uma maior agilidade na execução das atividades administrativas. Ela pode ocorrer por meio da criação de unidades desconcentradas em diferentes regiões geográficas ou por meio da atribuição de competências específicas a determinados setores ou departamentos.


A desconcentração pode contribuir para a melhoria da eficiência e da eficácia da administração pública, permitindo uma maior especialização e uma melhor articulação entre os órgãos desconcentrados. No entanto, é importante que haja uma supervisão adequada por parte do órgão central para garantir a uniformidade e a legalidade das ações realizadas.




5. Autarquias:


As autarquias são entidades da administração indireta que possuem personalidade jurídica própria e são criadas por lei específica para a realização de atividades típicas do Estado, mas que não demandam a intervenção direta do poder político. Elas atuam de forma descentralizada em relação ao governo central e possuem autonomia administrativa, financeira e patrimonial.


As autarquias são criadas para desempenhar funções específicas e especializadas, como a prestação de serviços públicos, a regulação de atividades econômicas ou a execução de políticas setoriais. Elas podem ser criadas em diferentes esferas de governo (federal, estadual ou municipal) e em áreas diversas, como saúde, educação, transporte e meio ambiente.


Uma característica importante das autarquias é a sua capacidade de autofinanciamento, ou seja, elas podem arrecadar recursos próprios por meio da cobrança de taxas, tarifas ou contribuições relacionadas às atividades que desenvolvem. Isso permite uma maior autonomia financeira e reduz a dependência de recursos provenientes do orçamento público.




6. Fundações Públicas:


As fundações públicas são entidades da administração indireta criadas por lei específica para desempenhar atividades de interesse público, como pesquisa científica, ensino, assistência social, cultura e preservação do patrimônio histórico e cultural. Elas possuem personalidade jurídica própria e são reguladas pelo direito público, o que significa que estão sujeitas a princípios e normas específicas aplicáveis à administração pública.


Uma característica marcante das fundações públicas é o seu caráter eminentemente social, voltado para a promoção do bem-estar coletivo e o desenvolvimento cultural, científico e educacional. Elas podem ser criadas em diferentes esferas de governo (federal, estadual ou municipal) e desempenhar uma ampla gama de atividades, de acordo com os objetivos estabelecidos em sua lei de criação.


As fundações públicas têm como fontes de financiamento recursos provenientes do orçamento público, doações, convênios, rendimentos patrimoniais e outras fontes previstas em lei. Essa diversidade de fontes de recursos contribui para a sua autonomia financeira e para a realização de suas atividades de forma sustentável.


Além disso, as fundações públicas são submetidas a um rigoroso controle por parte dos órgãos de fiscalização e controle, visando garantir a legalidade, a eficiência e a eficácia de suas ações. Elas estão sujeitas à prestação de contas e à transparência na gestão dos recursos públicos, garantindo a sua legitimidade e a confiança da sociedade.




7. Empresas Públicas:


As empresas públicas são entidades da administração indireta criadas pelo Estado para explorar atividades econômicas de natureza empresarial, com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico e social e garantir a prestação de serviços públicos de qualidade. Elas possuem personalidade jurídica própria e são regidas pelo direito privado, embora estejam sujeitas a princípios e normas específicas aplicáveis à administração pública.


As empresas públicas podem ser criadas em diferentes esferas de governo (federal, estadual ou municipal) e atuar em diversos setores da economia, como energia, transporte, comunicações, saneamento, entre outros. Elas têm como principal fonte de financiamento recursos provenientes do mercado financeiro, receitas próprias e recursos públicos destinados à sua constituição e capitalização.


Uma característica marcante das empresas públicas é a sua autonomia administrativa e financeira, que lhes confere agilidade e flexibilidade na gestão de suas atividades. No entanto, elas estão sujeitas a um rigoroso controle por parte dos órgãos de fiscalização e controle, visando garantir a legalidade, a eficiência e a eficácia de suas ações.


As empresas públicas desempenham um papel importante na promoção do desenvolvimento econômico e social, contribuindo para a geração de empregos, a melhoria da infraestrutura e a oferta de serviços públicos de qualidade. No entanto, é necessário que haja mecanismos eficazes de supervisão e controle para evitar abusos e garantir o interesse público.




8. Sociedades de Economia Mista:


As sociedades de economia mista são entidades da administração indireta que têm como característica a participação do Estado e de capital privado em seu capital social. Elas são criadas pelo Estado com a finalidade de explorar atividades econômicas de natureza empresarial, visando ao interesse público e ao desenvolvimento socioeconômico.


As sociedades de economia mista possuem personalidade jurídica própria e são regidas pelo direito privado, embora estejam sujeitas a princípios e normas específicas aplicáveis à administração pública. Elas podem ser criadas em diferentes esferas de governo (federal, estadual ou municipal) e atuar em diversos setores da economia, como energia, transporte, comunicações, entre outros.


Uma característica marcante das sociedades de economia mista é a sua gestão compartilhada entre o Estado e o setor privado, o que pode trazer benefícios como maior eficiência na gestão, captação de recursos no mercado financeiro e inovação tecnológica. No entanto, essa parceria também pode gerar conflitos de interesses e exigir um cuidadoso acompanhamento por parte dos órgãos de controle.


As sociedades de economia mista desempenham um papel importante na promoção do desenvolvimento econômico e social, contribuindo para a geração de empregos, a melhoria da infraestrutura e a oferta de serviços públicos de qualidade. No entanto, é necessário que haja mecanismos eficazes de supervisão e controle para garantir que seus objetivos estejam alinhados com o interesse público.





9. Agências Reguladoras:


As agências reguladoras são entidades da administração indireta criadas pelo Estado para regular e fiscalizar atividades econômicas de setores estratégicos, como energia, telecomunicações, transportes, saneamento, entre outros. Elas possuem personalidade jurídica própria e são responsáveis por promover o equilíbrio entre os interesses dos consumidores, das empresas e do Estado, garantindo a prestação de serviços públicos de qualidade e a proteção dos direitos dos usuários.


As agências reguladoras são criadas por lei específica e possuem autonomia administrativa, financeira e decisória, o que lhes confere independência em relação ao governo central e às empresas reguladas. Elas têm como principais atribuições a elaboração de normas, o estabelecimento de tarifas e preços, a concessão de autorizações e licenças, a fiscalização do cumprimento das regras e a resolução de conflitos entre os agentes do mercado.


Uma característica marcante das agências reguladoras é a sua atuação técnica e especializada, baseada em conhecimentos técnicos e científicos nas áreas sob sua jurisdição. Isso permite uma regulação mais eficiente e transparente, capaz de promover a concorrência, a inovação e o desenvolvimento sustentável dos setores regulados.


As agências reguladoras desempenham um papel fundamental na promoção do bem-estar social e na garantia da eficiência e da qualidade dos serviços públicos, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do país. No entanto, é importante que haja mecanismos eficazes de controle e supervisão para garantir a sua independência e a sua atuação em conformidade com o interesse público.




10. Organizações Sociais (OS) e Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP):


As Organizações Sociais (OS) e as Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) são entidades privadas sem fins lucrativos que atuam em parceria com o Estado na execução de atividades de interesse público, como educação, saúde, cultura, assistência social, entre outros. Elas são criadas por iniciativa do Estado ou da sociedade civil e têm como objetivo promover a prestação de serviços públicos de forma mais eficiente e eficaz.


As OS são reguladas pela Lei nº 9.637/1998 e atuam em parceria com o poder público na gestão de serviços públicos por meio de contratos de gestão. Elas possuem autonomia administrativa, financeira e de gestão, o que lhes permite uma maior flexibilidade na execução de suas atividades. Já as OSCIP são reguladas pela Lei nº 9.790/1999 e atuam por meio de termos de parceria, desenvolvendo projetos e atividades de interesse público em conjunto com o poder público.


Uma característica marcante das OS e OSCIP é a sua capacidade de inovação e de mobilização social, envolvendo a participação ativa da sociedade civil na gestão e na execução de políticas públicas. Elas complementam a atuação do Estado na promoção do bem-estar social e na garantia dos direitos fundamentais dos cidadãos, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da população.


As OS e OSCIP desempenham um papel importante na promoção da cidadania e no fortalecimento da democracia participativa, estimulando o engajamento e a participação ativa dos cidadãos na gestão pública. No entanto, é necessário que haja mecanismos eficazes de controle e supervisão para garantir a transparência, a legalidade e a eficiência de suas ações.






Gostaria de agradecer o seu interesse pelo tema e paciência para chegar até aqui, aproveite e confira outros títulos desse autor:


"Constituição 2.0: Rumo a um Brasil mais Justo e Democrático"


"A Fé Liberal: Desvendando a Religião do Liberalismo"


Desenvolva sua Inteligência Emocional com Salmos: Um Guia Prático


A Jornada do Pequeno Príncipe Brasileiro


Mentes em Chamas: Como Líderes Religiosos e Gurus de Autoajuda Manipulam suas Emoções


Bolsonarismo - Ideologia ou Religião


A Verdadeira Face da Midia: Revelando o Império das Fake News


Cristianismo Atualizado: Neurociência Inteligência Emocional e o Desafio da Política


Envelhecer Conectado: Um guia essencial para dominar a tecnologia e melhorar sua vida após os 50 anos


De volta ao Caminho: Uma Jornada de Superação Pessoal - O lado B do Empreendedor que Ninguém te Conta




NOSSOS DISCURSOS PRONTOS PARA PRÉ-CANDIDATOS e CANDIDATOS AO PODER LEGISLATIVO - VEREADOR - VEREADORA - DEPUTADO(A) ESTADUAL - DEPUTADO(A) FEDERAL

20 Discursos prontos sobre Igualdade Religiosa para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir audiência desde já!

20 Discursos prontos sobre Empoderamento NEGRO para começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir sua audiência rapidamente

20 Discursos prontos sobre Combatendo as Teorias da Conspiração no Brasil para começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir sua audiência

20 Discursos prontos sobre Inclusão Digital da TERCEIRA IDADE para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu Público e construir sua audiência ainda hoje!

20 Discursos prontos sobre Direitos das MULHERES para você trabalhar como Youtuber para ENGAJAR seu Público e construir sua audiência rapidamente

20 Discursos prontos sobre o Governo LULA para ajudar você a trabalhar como Youtuber e ENGAJAR seu Público e construir sua audiência já!

21 Discursos prontos sobre o Governo BOLSONARO para você começar a trabalhar como Youtuber e ENGAJAR seu Público e construir sua audiência nesse momento

20 Discursos prontos sobre ECONOMIA para você trabalhar agora como Youtuber e ENGAJAR seu público e construir sua audiência já

20 Discursos prontos sobre Política parte 2 para você dar a partida e já trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu público e construir sua audiência agora mesmo

20 Discursos prontos sobre Politica para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu público e construir sua audiência hoje mesmo

Super MINI-PACK 20 Discursos prontos sobre ECONOMIA e IMPOSTOS para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para você dar início agora mesmo sua Pré-campanha para Eleição


20 Discursos prontos sobre os Subsídios Governamentais e Incentivos Fiscais para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir audiência agora mesmo!


Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre FAMILIA para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual e Federal para começar hoje mesmo sua Pré-campanha para Eleição

Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre MEIO AMBIENTE para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal iniciar sua Pré-campanha para Eleição

Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre DIREITOS HUMANOS para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para aquecer sua Pré-campanha para Eleição

Super MINI-PACK 17 Discursos prontos sobre SEGURANÇA PUBLICA para Candidato Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar hoje mesmo sua Pré-campanha para Eleição

Super Mini-Pack 15 Discursos prontos sobre SAÚDE para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para começar agora sua Pré-campanha para a Eleição

Super Mini-Pack 10 Discursos prontos sobre EDUCAÇÃO para Candidato Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar já sua Pré campanha para a Eleição

Super Mini-Pack 10 Discursos prontos sobre MULHER para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar sua pré-campanha para Eleição 2024





Coloque esse artigo na Barra de Favoritos do seu Navegador e Continue acompanhando os nossos artigos para saber como melhorar ou construir sua capacidade de liderança no marketing político da pré-campanha até a eleição para Deputado(a) Estadual, Deputado(a) Federal ou Vereador(a) e como pode melhorar completamente suas estratégias para o projeto político on-line e campanha eleitoral.



E aproveite para conhecer nosso SUPER TREINAMENTO TOTALMENTE EM PORTUGUÊS para você Candidato(a) ao Poder Legislativo desenvolver todo seu potencial MELHORANDO SIGINIFICATIVAMENTE SUA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL:

Como enfrentar, combater e parar o ciclo da ansiedade e depressão para ter uma vida mais equilibrada, feliz e saudável Esse Super vídeo curso de 45 vídeos na Prática de Enfrentamento e Combate a Ansiedade e Depressão foi desenvolvida visando auxiliar seu entendimento, reconhecimento e busca por um tratamento adequado da ansiedade e depressão. Sem embromação e sem teorias enfadonhas. As aulas são rápidas objetivas e direto nos pontos importantes que irão fazer a diferença na sua vida. Ao assistir essa série de vídeos você terá mais clareza sobre esse tema e com os conhecimentos aqui compartilhados saberá como parar o ciclo da ansiedade e da depressão assumindo o controle total sobre seus pensamentos, sentimentos e emoções para a partir dai ter uma vida mais equilibrada, feliz e saudável: https://hotmart.com/product/super-video-aulas-saude-mental-enfrentando-combatendo-ansiedade-depressao-bonus-livros-exclusivos/I64214005D



Temos um Curso com vídeo aulas em Português para você descobrir Como Ser SOCIAL MIDIA PRO com CANVA Incluindo Google Ads como Gestor de Tráfego - Xô Crise! Trabalhe no Digital como SOCIAL MIDIA PRO com CANVA(designer) + Google Ads(tráfego) - Para Marketing Político e Negócios Locais para Municípios até 500.000 Habitantes + Módulo Especial para Gerar Recursos para o Candidato ao Poder Legislativo(deputado ou vereador) e/ou Renda Extra para você empreendedor digital!: https://hotmart.com/product/trabalho-digital-social-midia-pro-canva-designer-googleads-trafego-marketing-politico-negocio-local/Y63789492T



Temos um Guia de Marketing no Facebook FACILITADO Passo a passo Completo - que ensina as melhores maneiras de promover no Facebook. Ele também lhe dá instruções passo a passo, para que você possa se envolver no marketing do Facebook com uma chance maior do que a média de sucesso. Se preferir, pode copiar o link e colar no seu navegador: https://www.hotmart.com/product/guia-marketing-fb-facilitado-passo-a-passo-completo


ou copie e cole o link no seu navegador: https://hotmart.com/product/guia-campanha-politica-e-marketing-eleitoral-digital


(Receba mais informações no nosso Curso Passo a Passo de WordPress para Projeto Político 2022, Empresas, Negócios + KIT Marketing de Conteúdo REPLETO de modelos prontos para produção(copiar e colar) + Swipe Files em até 10x SEM JUROS! <---- CLICANDO AQUI MESMO ou copiando o link para o seu navegador: https://www.hotmart.com/product/curso-wp-projeto-politico-empresas-negocios-kit-marketing-de-conteudo-modelos-prontos-producao-copiar-colar-swipe-files)



Temos alguns outros guias, produtos digitais e cursos que podem ajudá-lo com o marketing digital para seu projeto político, causa, ou negócio. Conheça todos os nossos produtos: https://space.hotmart.com/interidade-producao-mentoria-consultoria-marketing-digital-politico-eleitoral-cursos-on-line-ead


Nossos cursos e produtos digitais voltados para Adultos 50 mais, Home-office e Marketing Político:





Comments


Quer Se eleger Deputado Estadual Online nas redes sociais

Quer Se eleger Deputado Estadual Online com site

Quer Se eleger Deputado Estadual Online no Blog

Quer Se eleger Deputado Estadual Online em conta

Quer Se eleger Deputado Federal Online nas redes sociais

Quer Se eleger Deputado Federal Online com site

Quer Se eleger Deputado Federal Online no Blog

Quer Se eleger Deputado Federal Online em conta

Quer Se eleger Vereador Online nas redes sociais

Quer Se eleger Vereador Online com site

Quer Se eleger Vereador Online no Blog

Quer Se eleger Vereador Online em conta

 

No INTERIDADE CURSO ONLINE (interidade-cursos-on-line.com.br) você pode fazer seu Marketing Político para Deputado Vereador com pouco investimento nas redes sociais, Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin, Google Meet, Zoom com qualidade e muito mais.

 

Tenha a ajuda que você candidato(a) a Deputado(a) Estadual Deputado(a) Federal Vereador(a) para sua pré-campanha até a Eleição agora mesmo!

 

Se você procura cursos kits de marketing político guia de qualidade, aqui é o lugar certo. Estamos sempre trabalhando para proporcionar a melhor experiência, para que você possa Se eleger da melhor maneira possível. Somos referência quando o assunto é marketing político online!

 

 

Se eleger Deputado no Twitter - Se eleger Deputado ONLINE nas redes sociais - Se eleger Deputado ONLINE com site - Se eleger Deputado ONLINE nas redes sociais - Candidato Deputado - Candidato Deputado online - Candidato Vereador online - Se eleger Deputado - Se eleger Vereador - Seja Vereador online nas redes sociais - Seja Deputado online nas redes sociais - Deputado nas redes sociais completo - Seja eleito Deputado nas redes sociais - Seja Deputado Federal nas redes sociais - Se eleger Deputado Estadual nas redes sociais - Se eleger Deputado nas redes sociais completo - Se eleger Vereador nas redes sociais online - Seja Deputado - Seja Deputado Estadual - Seja Deputado FederalSeja Deputado Vereador - Se eleja Deputado no Facebook - Se eleja Deputado no instagram - Se eleja Deputado no Twitter - Se eleja Deputado no Linkedin - Se eleja Deputado no Google - Se eleja Deputado no Blog - Seja Deputado Online - Se eleger Deputado Online no Blog - Se eleja Vereador no Facebook - Se eleja Vereador no instagram - Se eleja Vereador no Twitter - Se eleja Vereador no Linkedin - Se eleja Vereador no Google - Se eleja Vereador no BlogSeja  Vereador Online - Se eleger Vereador Online no Blog

bottom of page