top of page
  • Marco Antonio Silva Jorge

Como a religião se manifesta na política brasileira - Cap 8 Livro-Bolsonarismo-Ideologia ou Religião



Receba a demonstração do CAPÍTULO 8 do Livro:

Bolsonarismo - Ideologia ou Religião




8 - Como a religião se manifesta na política brasileira


A relação entre religião e política é uma constante na história da humanidade, e no Brasil não é diferente. Desde o período colonial, as instituições religiosas têm desempenhado um papel importante na formação da identidade e dos valores da sociedade brasileira, e sua influência se estende também à esfera política. Há muitos exemplos de como a religião se manifesta na política brasileira, desde a participação de lideranças religiosas em eleições até a criação de partidos políticos inspirados em doutrinas religiosas.



Um dos exemplos mais notórios da influência da religião na política brasileira é a bancada evangélica no Congresso Nacional. Com mais de 80 deputados e senadores, a bancada evangélica é uma das maiores do Congresso e tem uma grande influência na formulação de políticas públicas e na aprovação de leis que refletem os valores defendidos pelas denominações evangélicas. Alguns dos temas mais recorrentes em pautas defendidas pelos parlamentares evangélicos incluem o combate ao aborto, à legalização das drogas e a defesa da família tradicional.



Outro exemplo é a crescente influência de lideranças religiosas em cargos políticos de destaque, como governadores, prefeitos e presidentes. Um dos casos mais emblemáticos é o do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, que se apresenta como um defensor dos valores cristãos e da família tradicional e que tem o apoio de muitos líderes evangélicos. Outro exemplo é o do ex-prefeito de São Paulo, João Doria, que em sua campanha eleitoral de 2016 se apresentou como um empresário cristão e contou com o apoio de lideranças religiosas em sua campanha.



A religião também se manifesta na política brasileira por meio da criação de partidos políticos inspirados em doutrinas religiosas. Um dos exemplos mais conhecidos é o Partido da República (PRB), que tem sua origem na Igreja Universal do Reino de Deus e que tem representantes em diversos cargos políticos em todo o país. Outro exemplo é o Partido Social Cristão (PSC), que tem entre seus membros lideranças religiosas e que se apresenta como um partido que defende os valores cristãos.



No entanto, é importante lembrar que a influência da religião na política brasileira não se limita aos cristãos. Também há exemplos de influência de outras religiões, como o Islã, o judaísmo e o candomblé, em diversos âmbitos da vida política. Por exemplo, a vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018 no Rio de Janeiro, era conhecida por sua militância em defesa dos direitos humanos e pela sua conexão com a religião do candomblé.



Em suma, a influência da religião na política brasileira é um fenômeno complexo e multifacetado, que se manifesta de diversas formas e em diversos grupos religiosos. Desde a bancada evangélica no Congresso Nacional até a criação de partidos políticos inspirados em doutrinas religiosas, passando pela presença de líderes religiosos em cargos políticos de destaque, a religião tem um papel importante na arena política brasileira. No entanto, é preciso ter cuidado ao analisar essa influência, pois ela pode ser tanto positiva quanto negativa para a democracia e os direitos humanos.



De fato, a influência da religião na política brasileira não é algo novo. Já na época da colônia, a Igreja Católica exercia forte controle sobre a vida social e política do país, com grande influência sobre os governantes e a sociedade em geral. Com a chegada do protestantismo no Brasil, a partir do século XIX, a religião passou a ganhar novas formas de expressão na política, como a criação de partidos políticos e a atuação de líderes religiosos em cargos públicos.



No entanto, é a partir da redemocratização do país, nos anos 1980, que a influência da religião na política se intensifica, especialmente com a ascensão dos movimentos neopentecostais. Esses grupos religiosos, que priorizam a prosperidade material e a cura divina, têm crescido de forma significativa nas últimas décadas e se tornaram um importante eleitorado para os políticos brasileiros.



Um dos principais exemplos dessa influência é a chamada bancada evangélica, formada por deputados e senadores que defendem pautas conservadoras e ligadas aos valores religiosos, como a proibição do aborto e a criminalização da homofobia. A bancada tem crescido em número de representantes a cada eleição e se tornou uma força política significativa no Congresso Nacional.



Além disso, também há partidos políticos que têm como base ideológica as doutrinas religiosas, como o Partido Social Cristão (PSC) e o Partido Republicano Brasileiro (PRB). Essas legendas buscam atrair eleitores que se identificam com os valores religiosos e, muitas vezes, defendem pautas conservadoras e moralizantes.



No entanto, a influência da religião na política brasileira nem sempre é positiva. Muitas vezes, os líderes religiosos usam sua posição de poder para promover discursos de ódio e preconceito, como no caso do pastor Marco Feliciano, que, em 2013, foi eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, apesar de ter um histórico de declarações homofóbicas e racistas.



Além disso, a crescente influência dos grupos neopentecostais na política tem levantado preocupações sobre a possibilidade de um retrocesso nas políticas públicas voltadas para a garantia dos direitos humanos, especialmente para as minorias. A defesa de pautas conservadoras e moralizantes por parte desses grupos pode levar a uma restrição das liberdades individuais e à perpetuação de preconceitos e discriminações.



Por outro lado, há exemplos positivos de como a religião pode ser uma força mobilizadora na defesa dos direitos humanos e da democracia. Em 2019, por exemplo, diversas lideranças religiosas se uniram em um ato ecumênico em São Paulo para denunciar o avanço do fundamentalismo e do autoritarismo no Brasil e reafirmar o compromisso com a defesa da democracia e dos direitos humanos. O evento, chamado de "Ato Inter-Religioso em Defesa da Democracia", reuniu líderes de diferentes religiões, como católicos, evangélicos, espíritas, umbandistas e candomblecistas, em um ato simbólico de união e resistência.



Além disso, também é importante destacar o papel de alguns líderes religiosos que se posicionaram publicamente contra o governo Bolsonaro e suas políticas. O pastor Ariovaldo Ramos, por exemplo, é conhecido por sua atuação em defesa dos direitos humanos e da justiça social, e tem sido uma voz ativa na denúncia do autoritarismo e da intolerância do governo. Outro exemplo é o do padre Júlio Lancellotti, que há décadas atua em defesa dos direitos dos moradores em situação de rua em São Paulo e tem sido alvo de ataques por parte de grupos bolsonaristas por sua atuação.



Em contrapartida, é importante lembrar também que a religião pode ser usada como instrumento de manipulação e de legitimação de práticas antidemocráticas. O uso político da religião pode levar a uma polarização cada vez maior da sociedade, além de fortalecer grupos extremistas e fundamentalistas. É o caso, por exemplo, da atuação da bancada evangélica no Congresso Nacional, que muitas vezes tem se pautado por uma agenda conservadora e autoritária, em detrimento dos direitos humanos e da diversidade.



Por fim, é importante ressaltar que a relação entre religião e política é um tema complexo e que não existe uma única resposta para as questões que envolvem essa relação. É fundamental que o debate sobre o papel da religião na política seja amplo e plural, contemplando as diferentes perspectivas e vozes que existem na sociedade. Somente assim será possível construir uma sociedade mais justa, democrática e tolerante, onde a religião possa ser um elemento de união e respeito à diversidade.



A religião é uma das principais formas pelas quais as pessoas buscam sentido e propósito em suas vidas, mas ela também pode ser um poderoso fator na mobilização política. No Brasil, a religião tem uma presença marcante na política, que se manifesta de diversas formas. Neste capítulo, vamos explorar como a religião se manifesta na política brasileira e examinar os principais grupos religiosos que exercem influência política no país.



A bancada evangélica é um dos principais grupos religiosos que exercem influência na política brasileira. Com cerca de 90 parlamentares, a bancada evangélica é a segunda maior bancada do Congresso Nacional e tem sido responsável por aprovar diversas leis e emendas constitucionais que refletem suas crenças e valores. Entre essas leis, destacam-se a Lei da Palmada, que proíbe castigos físicos contra crianças, e a Emenda Constitucional 95, que congela os gastos públicos por 20 anos.



Outro grupo religioso que tem exercido influência na política brasileira é a Igreja Católica. Embora não tenha uma bancada formal no Congresso Nacional, a Igreja Católica tem se posicionado sobre diversos temas políticos, especialmente na defesa dos direitos humanos e da justiça social. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por exemplo, tem se manifestado sobre temas como a reforma da Previdência, a preservação da Amazônia e a luta contra a violência.



Além dos evangélicos e católicos, outras religiões também têm exercido influência na política brasileira. A Umbanda e o Candomblé, por exemplo, têm sido importantes na luta contra o racismo e a discriminação religiosa, enquanto o Islamismo tem ganhado visibilidade em meio ao debate sobre a imigração e o terrorismo.



No entanto, a influência da religião na política brasileira nem sempre é positiva. Muitas vezes, ela tem sido utilizada como pretexto para a perseguição e o preconceito contra minorias religiosas. Os adeptos das religiões afro-brasileiras, por exemplo, têm sido alvo de violência e discriminação em diversas partes do país, o que reflete a persistência do racismo e da intolerância religiosa no Brasil.



Outro exemplo de como a religião pode ser utilizada de forma negativa na política brasileira é a chamada "bancada da bala". Composta principalmente por policiais e ex-policiais, essa bancada tem defendido uma agenda de segurança pública que prioriza o uso da violência e a flexibilização das leis de porte de armas, o que muitas vezes leva à violação dos direitos humanos e à perpetuação da violência.



Apesar desses exemplos negativos, é importante destacar que a religião também pode ser uma força mobilizadora na defesa dos direitos humanos e da democracia. Em 2019, por exemplo, diversas lideranças religiosas se uniram em um ato ecumênico em São Paulo para denunciar o avanço do fundamentalismo e do autoritarismo no Brasil e reafirmar o compromisso com a democracia e os direitos humanos.



Outro exemplo é a atuação de líderes religiosos na luta contra a discriminação e a violência contra grupos minoritários. Diversas lideranças religiosas, como padres, pastores e rabinos, têm se posicionado publicamente contra o preconceito e a intolerância, especialmente em relação à população LGBT+. Em 2018, por exemplo, o padre Júlio Lancelotti, da Pastoral do Povo de Rua em São Paulo, foi ameaçado de morte por um grupo de extremistas que se opõe à sua defesa dos direitos dos moradores de rua e da comunidade LGBT+. Lancelotti é conhecido por seu trabalho social na capital paulista e sua atuação na defesa dos direitos humanos.



No entanto, também há casos de líderes religiosos que usam a religião como pretexto para disseminar o ódio e a intolerância. O pastor Silas Malafaia, por exemplo, é conhecido por suas declarações homofóbicas e por sua defesa de pautas conservadoras. Em 2013, ele foi processado por homofobia após afirmar em um programa de televisão que a homossexualidade é uma doença que pode ser curada. O processo foi arquivado em 2019, mas Malafaia continua sendo alvo de críticas por suas posições extremistas.



Outro exemplo é o deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro e membro da bancada evangélica no Congresso Nacional. Eduardo é conhecido por suas declarações polêmicas e por sua defesa de pautas conservadoras, como o armamento da população e a redução da maioridade penal. Em 2019, ele causou indignação ao afirmar em uma entrevista que bastaria "um cabo e um soldado" para fechar o Supremo Tribunal Federal (STF), caso o órgão tentasse impedir uma eventual eleição do pai. A declaração foi vista como uma ameaça à democracia e gerou críticas de diversas lideranças religiosas e políticas.



Apesar das controvérsias, é importante ressaltar que a religião tem um papel relevante na política brasileira e pode ser uma força mobilizadora tanto para o bem quanto para o mal. Cabe à sociedade civil e às instituições democráticas garantir que a liberdade religiosa seja preservada e que as manifestações religiosas não sejam usadas como pretexto para a disseminação do ódio e da intolerância. A diversidade religiosa é uma das marcas do Brasil e deve ser valorizada como um elemento essencial para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.



Em conclusão, a relação entre religião e política no Brasil é um tema complexo e controverso, que envolve uma série de fatores históricos, sociais e culturais. Como vimos, a religião pode ser uma força mobilizadora tanto para a defesa dos direitos humanos e da democracia quanto para a promoção de ideologias autoritárias e discriminatórias. É importante ressaltar que, apesar dos riscos e desafios envolvidos, a participação dos grupos religiosos na política é legítima e faz parte do jogo democrático.



No entanto, é fundamental que essa participação se dê dentro dos limites do Estado laico e dos valores democráticos, sem violar os direitos das minorias e respeitando a diversidade religiosa e cultural do país. Como destacou o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, em um discurso na Câmara dos Deputados em 2019, "o Estado não pode ter religião, porque ele precisa proteger a religião de todos".



Para isso, é necessário um esforço contínuo de diálogo e respeito mútuo entre os grupos religiosos e políticos, bem como uma atenção especial aos casos de perseguição e discriminação religiosa. Como exemplo positivo, podemos citar a criação da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa do Rio de Janeiro, em 2008, que busca promover o diálogo e a conscientização sobre a importância do respeito à diversidade religiosa.



Em suma, a religião é uma dimensão fundamental da vida social e política do Brasil, que merece ser compreendida e respeitada em toda a sua diversidade e complexidade. É preciso reconhecer tanto os riscos quanto os potenciais benefícios da participação dos grupos religiosos na política, e trabalhar juntos para construir uma sociedade mais justa, tolerante e plural.





Esta é a demonstração do capítulo 8 do meu livro:

Bolsonarismo - Ideologia ou Religião




Gostaria de agradecer o seu interesse pelo tema e paciência para chegar até aqui, aproveite e confira outros títulos desse autor:



"Constituição 2.0: Rumo a um Brasil mais Justo e Democrático"



"A Fé Liberal: Desvendando a Religião do Liberalismo"



Desenvolva sua Inteligência Emocional com Salmos: Um Guia Prático



A Jornada do Pequeno Príncipe Brasileiro



Mentes em Chamas: Como Líderes Religiosos e Gurus de Autoajuda Manipulam suas Emoções



Bolsonarismo - Ideologia ou Religião



A Verdadeira Face da Midia: Revelando o Império das Fake News



Cristianismo Atualizado: Neurociência Inteligência Emocional e o Desafio da Política


Envelhecer Conectado: Um guia essencial para dominar a tecnologia e melhorar sua vida após os 50 anos



De volta ao Caminho: Uma Jornada de Superação Pessoal - O lado B do Empreendedor que Ninguém te Conta




NOSSOS DISCURSOS PRONTOS PARA PRÉ-CANDIDATOS e CANDIDATOS AO PODER LEGISLATIVO - VEREADOR - VEREADORA - DEPUTADO(A) ESTADUAL - DEPUTADO(A) FEDERAL


20 Discursos prontos sobre Igualdade Religiosa para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir audiência desde já!


20 Discursos prontos sobre Empoderamento NEGRO para começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir sua audiência rapidamente


20 Discursos prontos sobre Combatendo as Teorias da Conspiração no Brasil para começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir sua audiência


20 Discursos prontos sobre Inclusão Digital da TERCEIRA IDADE para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu Público e construir sua audiência ainda hoje!


20 Discursos prontos sobre Direitos das MULHERES para você trabalhar como Youtuber para ENGAJAR seu Público e construir sua audiência rapidamente


20 Discursos prontos sobre o Governo LULA para ajudar você a trabalhar como Youtuber e ENGAJAR seu Público e construir sua audiência já!


21 Discursos prontos sobre o Governo BOLSONARO para você começar a trabalhar como Youtuber e ENGAJAR seu Público e construir sua audiência nesse momento



20 Discursos prontos sobre ECONOMIA para você trabalhar agora como Youtuber e ENGAJAR seu público e construir sua audiência já


20 Discursos prontos sobre Política parte 2 para você dar a partida e já trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu público e construir sua audiência agora mesmo


20 Discursos prontos sobre Politica para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu público e construir sua audiência hoje mesmo


Super MINI-PACK 20 Discursos prontos sobre ECONOMIA e IMPOSTOS para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para você dar início agora mesmo sua Pré-campanha para Eleição


20 Discursos prontos sobre os Subsídios Governamentais e Incentivos Fiscais para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir audiência agora mesmo!



Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre FAMILIA para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual e Federal para começar hoje mesmo sua Pré-campanha para Eleição


Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre MEIO AMBIENTE para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal iniciar sua Pré-campanha para Eleição


Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre DIREITOS HUMANOS para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para aquecer sua Pré-campanha para Eleição


Super MINI-PACK 17 Discursos prontos sobre SEGURANÇA PUBLICA para Candidato Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar hoje mesmo sua Pré-campanha para Eleição


Super Mini-Pack 15 Discursos prontos sobre SAÚDE para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para começar agora sua Pré-campanha para a Eleição


Super Mini-Pack 10 Discursos prontos sobre EDUCAÇÃO para Candidato Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar já sua Pré campanha para a Eleição


Super Mini-Pack 10 Discursos prontos sobre MULHER para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar sua pré-campanha para Eleição 2024




Coloque esse artigo na Barra de Favoritos do seu Navegador e Continue acompanhando os nossos artigos para saber como melhorar ou construir sua capacidade de liderança no marketing político da pré-campanha até a eleição para Deputado(a) Estadual, Deputado(a) Federal ou Vereador(a) e como pode melhorar completamente suas estratégias para o projeto político on-line e campanha eleitoral.


E aproveite para conhecer nosso SUPER TREINAMENTO TOTALMENTE EM PORTUGUÊS para você Candidato(a) ao Poder Legislativo desenvolver todo seu potencial MELHORANDO SIGINIFICATIVAMENTE SUA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL:

Como enfrentar, combater e parar o ciclo da ansiedade e depressão para ter uma vida mais equilibrada, feliz e saudável Esse Super vídeo curso de 45 vídeos na Prática de Enfrentamento e Combate a Ansiedade e Depressão foi desenvolvida visando auxiliar seu entendimento, reconhecimento e busca por um tratamento adequado da ansiedade e depressão. Sem embromação e sem teorias enfadonhas. As aulas são rápidas objetivas e direto nos pontos importantes que irão fazer a diferença na sua vida. Ao assistir essa série de vídeos você terá mais clareza sobre esse tema e com os conhecimentos aqui compartilhados saberá como parar o ciclo da ansiedade e da depressão assumindo o controle total sobre seus pensamentos, sentimentos e emoções para a partir dai ter uma vida mais equilibrada, feliz e saudável: https://hotmart.com/product/super-video-aulas-saude-mental-enfrentando-combatendo-ansiedade-depressao-bonus-livros-exclusivos/I64214005D



Temos um Curso com vídeo aulas em Português para você descobrir Como Ser SOCIAL MIDIA PRO com CANVA Incluindo Google Ads como Gestor de Tráfego - Xô Crise! Trabalhe no Digital como SOCIAL MIDIA PRO com CANVA(designer) + Google Ads(tráfego) - Para Marketing Político e Negócios Locais para Municípios até 500.000 Habitantes + Módulo Especial para Gerar Recursos para o Candidato ao Poder Legislativo(deputado ou vereador) e/ou Renda Extra para você empreendedor digital!: https://hotmart.com/product/trabalho-digital-social-midia-pro-canva-designer-googleads-trafego-marketing-politico-negocio-local/Y63789492T



Temos um Guia de Marketing no Facebook FACILITADO Passo a passo Completo - que ensina as melhores maneiras de promover no Facebook. Ele também lhe dá instruções passo a passo, para que você possa se envolver no marketing do Facebook com uma chance maior do que a média de sucesso. Se preferir, pode copiar o link e colar no seu navegador: https://www.hotmart.com/product/guia-marketing-fb-facilitado-passo-a-passo-completo


ou copie e cole o link no seu navegador: https://hotmart.com/product/guia-campanha-politica-e-marketing-eleitoral-digital


(Receba mais informações no nosso Curso Passo a Passo de WordPress para Projeto Político 2022, Empresas, Negócios + KIT Marketing de Conteúdo REPLETO de modelos prontos para produção(copiar e colar) + Swipe Files em até 10x SEM JUROS! <---- CLICANDO AQUI MESMO ou copiando o link para o seu navegador: https://www.hotmart.com/product/curso-wp-projeto-politico-empresas-negocios-kit-marketing-de-conteudo-modelos-prontos-producao-copiar-colar-swipe-files)



Temos alguns outros guias, produtos digitais e cursos que podem ajudá-lo com o marketing digital para seu projeto político, causa, ou negócio. Conheça todos os nossos produtos: https://space.hotmart.com/interidade-producao-mentoria-consultoria-marketing-digital-politico-eleitoral-cursos-on-line-ead


Nossos cursos e produtos digitais voltados para Adultos 50 mais, Home-office e Marketing Político:





Commentaires


Quer Se eleger Deputado Estadual Online nas redes sociais

Quer Se eleger Deputado Estadual Online com site

Quer Se eleger Deputado Estadual Online no Blog

Quer Se eleger Deputado Estadual Online em conta

Quer Se eleger Deputado Federal Online nas redes sociais

Quer Se eleger Deputado Federal Online com site

Quer Se eleger Deputado Federal Online no Blog

Quer Se eleger Deputado Federal Online em conta

Quer Se eleger Vereador Online nas redes sociais

Quer Se eleger Vereador Online com site

Quer Se eleger Vereador Online no Blog

Quer Se eleger Vereador Online em conta

 

No INTERIDADE CURSO ONLINE (interidade-cursos-on-line.com.br) você pode fazer seu Marketing Político para Deputado Vereador com pouco investimento nas redes sociais, Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin, Google Meet, Zoom com qualidade e muito mais.

 

Tenha a ajuda que você candidato(a) a Deputado(a) Estadual Deputado(a) Federal Vereador(a) para sua pré-campanha até a Eleição agora mesmo!

 

Se você procura cursos kits de marketing político guia de qualidade, aqui é o lugar certo. Estamos sempre trabalhando para proporcionar a melhor experiência, para que você possa Se eleger da melhor maneira possível. Somos referência quando o assunto é marketing político online!

 

 

Se eleger Deputado no Twitter - Se eleger Deputado ONLINE nas redes sociais - Se eleger Deputado ONLINE com site - Se eleger Deputado ONLINE nas redes sociais - Candidato Deputado - Candidato Deputado online - Candidato Vereador online - Se eleger Deputado - Se eleger Vereador - Seja Vereador online nas redes sociais - Seja Deputado online nas redes sociais - Deputado nas redes sociais completo - Seja eleito Deputado nas redes sociais - Seja Deputado Federal nas redes sociais - Se eleger Deputado Estadual nas redes sociais - Se eleger Deputado nas redes sociais completo - Se eleger Vereador nas redes sociais online - Seja Deputado - Seja Deputado Estadual - Seja Deputado FederalSeja Deputado Vereador - Se eleja Deputado no Facebook - Se eleja Deputado no instagram - Se eleja Deputado no Twitter - Se eleja Deputado no Linkedin - Se eleja Deputado no Google - Se eleja Deputado no Blog - Seja Deputado Online - Se eleger Deputado Online no Blog - Se eleja Vereador no Facebook - Se eleja Vereador no instagram - Se eleja Vereador no Twitter - Se eleja Vereador no Linkedin - Se eleja Vereador no Google - Se eleja Vereador no BlogSeja  Vereador Online - Se eleger Vereador Online no Blog

bottom of page