top of page
  • Marco Antonio Silva Jorge

Modernização da Participação das Forças Armadas - Limites e Papel -Capítulo27 Livro-Constituição 2.0



Receba a demonstração do CAPÍTULO 27 do Livro:

"Constituição 2.0: Rumo a um Brasil mais Justo e Democrático"




Capítulo 27: Modernização da Participação das Forças Armadas - Limites e Papel na Democracia



No atual contexto político e social, após a tentativa de golpe frustrada no dia 08 de Janeiro de 2023, com manifestantes acampados por vários meses nas portas de quartéis, é fundamental discutir a participação das Forças Armadas e seu papel na democracia brasileira. A Constituição Federal de 1988 estabelece diretrizes claras sobre o tema, porém, é preciso refletir sobre a necessidade de uma modernização dessas diretrizes, levando em conta as demandas contemporâneas e o fortalecimento das instituições democráticas.



As Forças Armadas têm um histórico importante na construção e na defesa do país, desempenhando um papel fundamental na garantia da soberania nacional e da segurança interna. No entanto, é preciso delimitar os limites de sua atuação, a fim de preservar os princípios democráticos e a separação dos poderes.



Uma assembleia constituinte se mostra como um instrumento legítimo para debater e atualizar as normas que regem a participação das Forças Armadas, de forma a garantir a sua subordinação aos poderes civis e a sua atuação dentro dos limites estabelecidos pela Constituição.



É importante ressaltar que a modernização da participação das Forças Armadas não implica em enfraquecer ou desvalorizar sua importância, mas sim em adequar sua atuação aos princípios democráticos e aos desafios contemporâneos. A ideia é promover uma maior transparência, controle e prestação de contas, fortalecendo a legitimidade e a confiança da sociedade nas instituições militares.



Nesse sentido, é necessário revisar os dispositivos constitucionais que tratam do papel das Forças Armadas, levando em consideração a evolução da sociedade e das ameaças que o país enfrenta. A modernização deve contemplar a definição clara de suas atribuições, aprimorando a cooperação interinstitucional e estimulando a participação das Forças Armadas em ações de cunho social, como ações humanitárias e apoio a comunidades em situações de vulnerabilidade.



Além disso, é essencial reforçar o controle civil sobre as atividades militares, assegurando a subordinação das Forças Armadas aos poderes constitucionais e o respeito aos direitos humanos. A transparência nas políticas de defesa, nos gastos militares e nas operações deve ser um princípio basilar para a modernização da participação das Forças Armadas.



No âmbito da segurança nacional, é fundamental repensar o papel das Forças Armadas no combate ao crime organizado, ao terrorismo e às ameaças cibernéticas. A modernização deve contemplar estratégias eficientes e integradas de inteligência, cooperação internacional e uso de tecnologias avançadas, sempre em consonância com os princípios democráticos e o respeito aos direitos fundamentais.



A modernização da participação das Forças Armadas também deve abranger a valorização dos profissionais militares, garantindo-lhes condições adequadas de trabalho, formação contínua e uma estrutura de carreira que reconheça e estimule a excelência e a meritocracia. O investimento em pesquisa e desenvolvimento, bem como a capacitação em áreas estratégicas, como a cibernética e a inteligência, são essenciais para o fortalecimento das Forças Armadas.



Em suma, a modernização da participação das Forças Armadas é uma necessidade urgente para fortalecer a democracia e garantir a segurança e o desenvolvimento do país. Através de uma assembleia constituinte, é possível atualizar as diretrizes constitucionais, estabelecer limites claros e promover uma atuação mais eficiente e transparente das Forças Armadas, sempre em consonância com os princípios democráticos e os direitos fundamentais. É hora de repensar o papel das Forças Armadas na sociedade brasileira e construir um futuro mais justo e seguro para todos.



O Artigo 142 da Constituição Federal de 1988 estabelece que as Forças Armadas são instituições nacionais permanentes e reguladas por lei complementar. É necessário, portanto, uma revisão dessa legislação complementar, de forma a adequar o papel das Forças Armadas aos princípios democráticos e aos desafios contemporâneos.



O Artigo 142 também prevê que as Forças Armadas são responsáveis pela defesa da Pátria, pela garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da

ordem. É fundamental definir com clareza os limites dessa atuação, evitando o uso indevido das Forças Armadas em situações que deveriam ser de competência civil.



O Artigo 143 estabelece que, durante o estado de defesa e o estado de sítio, as Forças Armadas podem exercer atribuições de segurança pública. Contudo, é necessário repensar a necessidade e a proporcionalidade dessas atribuições, de modo a preservar a atuação primordial das forças policiais civis nesses contextos.



A modernização da participação das Forças Armadas deve considerar a importância da transparência e do controle civil sobre as atividades militares. O Artigo 84, inciso XIII, por exemplo, prevê que compete ao Presidente da República exercer a chefia suprema das Forças Armadas, cabendo a ele a tomada de decisões estratégicas e a supervisão das ações militares.



A modernização também deve levar em conta o papel das Forças Armadas no combate ao crime organizado, à corrupção e às ameaças cibernéticas. O Artigo 144, por exemplo, define a segurança pública como dever do Estado, sendo exercida pelas polícias federal, rodoviária federal, ferroviária federal, civis e militares. É importante estabelecer uma cooperação eficiente entre essas instituições, respeitando suas competências e fortalecendo a atuação integrada.



A participação das Forças Armadas em ações de cunho social, como as missões de paz e o auxílio em situações de desastres naturais, também deve ser aprimorada. O Artigo 142, parágrafo 4º, prevê que o militar em atividade que tomar posse em cargo ou emprego público civil permanente será transferido para a reserva, mas é necessário analisar a possibilidade de flexibilizar essa regra em situações de emergência e necessidade pública.



A modernização da participação das Forças Armadas deve incluir a valorização dos profissionais militares. O Artigo 7º, inciso XVI, por exemplo, prevê a irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo. É fundamental garantir condições adequadas de trabalho, remuneração justa e oportunidades de capacitação e crescimento na carreira militar.



É importante repensar a estrutura de comando e gestão das Forças Armadas, promovendo uma maior participação e representatividade dos militares em processos de tomada de decisão. O Artigo 142, parágrafo 2º, por exemplo, estabelece que cabe aos oficiais-generais a nomeação dos comandantes das Forças Armadas. Pode-se avaliar a viabilidade de mecanismos democráticos e transparentes para a seleção desses comandantes.



A modernização da participação das Forças Armadas também deve considerar a proteção dos direitos humanos e o respeito à diversidade. É necessário assegurar que as ações militares sejam pautadas pelos princípios constitucionais de dignidade da pessoa humana e igualdade de direitos.



Por fim, é fundamental promover o debate público sobre o papel das Forças Armadas na democracia e na sociedade brasileira. A participação da população, por meio de organizações civis, instituições acadêmicas e movimentos sociais, pode contribuir para a construção de um modelo de participação militar que seja mais democrático, eficiente e comprometido com os valores constitucionais.



A modernização da participação das Forças Armadas é um tema complexo e fundamental para o fortalecimento da democracia e a promoção da segurança nacional. Ao revisar os artigos da Constituição Federal de 1988 e promover uma ampla discussão sobre o papel das Forças Armadas na sociedade, é possível avançar em direção a um modelo mais atual, eficiente e em conformidade com os princípios democráticos.



No decorrer deste capítulo, exploramos a necessidade de uma modernização da participação das Forças Armadas dentro do contexto democrático do Brasil. Analisamos os artigos defasados da Constituição Federal de 1988 e buscamos compreender os desafios enfrentados na definição dos limites e papéis das Forças Armadas na atualidade. Agora, ao chegarmos à conclusão deste capítulo, é importante ressaltar alguns pontos fundamentais.



Primeiramente, é imperativo destacar a importância de um diálogo aberto e democrático para a construção de um modelo de participação militar mais adequado à nossa realidade atual. A participação da sociedade civil, de especialistas e dos próprios militares é essencial para a formulação de políticas e diretrizes que promovam a harmonia entre as Forças Armadas e a democracia.



Além disso, a modernização da participação das Forças Armadas deve ser pautada pela busca incessante pela eficiência, transparência e responsabilidade. A utilização das melhores práticas de gestão, aliada ao respeito aos direitos humanos e aos princípios constitucionais, garantirá uma atuação mais assertiva e alinhada com as demandas da sociedade.



É fundamental também ressaltar a importância do fortalecimento do controle civil sobre as atividades militares, garantindo que as decisões estratégicas sejam tomadas de forma democrática e sob supervisão adequada. A soberania popular deve ser preservada, assegurando que as Forças Armadas atuem como um instrumento de defesa do Estado e da democracia, nunca como uma ameaça à liberdade e aos direitos individuais.



Nesse sentido, é necessário repensar a legislação complementar que regulamenta as Forças Armadas, garantindo que ela esteja alinhada aos princípios constitucionais e reflita a realidade atual. A revisão dessas leis permitirá uma atualização necessária, ajustando as atribuições e competências das Forças Armadas às demandas contemporâneas e aos desafios de segurança do país.



Além dos pontos abordados anteriormente, é crucial ressaltar que a modernização da participação das Forças Armadas deve estar pautada na clara compreensão de que o artigo 142 da Constituição Federal não pode ser utilizado como pretexto para tentativas de golpes ou intervenções inconstitucionais. É essencial que se promova uma interpretação precisa e estrita desse dispositivo, evitando qualquer margem de manipulação que possa comprometer a estabilidade democrática do país.



O artigo 142 estabelece as atribuições das Forças Armadas e sua submissão aos poderes constitucionais, não conferindo a elas um papel de poder autônomo ou de arbitragem política. É necessário reafirmar que a democracia brasileira se baseia na separação e independência dos poderes, sendo o Legislativo, o Executivo e o Judiciário os responsáveis pela condução do Estado e a garantia dos direitos fundamentais.



Portanto, é fundamental que a modernização da participação das Forças Armadas esteja em conformidade com esse princípio básico da democracia, assegurando que a atuação das instituições militares esteja estritamente subordinada ao poder civil, sem qualquer margem para interpretações distorcidas que coloquem em risco a estabilidade política e a ordem constitucional.



Ademais, é imprescindível promover uma cultura institucional que rejeite qualquer forma de intervenção militar que viole os princípios democráticos. O fortalecimento dos mecanismos de controle e fiscalização, juntamente com uma atuação firme dos poderes constituídos, contribuirá para a preservação da democracia e a prevenção de tentativas autoritárias.



Por fim, é válido ressaltar a importância de manter um constante debate sobre o papel das Forças Armadas na sociedade, não apenas em momentos de crise, mas também no cotidiano. O conhecimento e a compreensão da população sobre o funcionamento e as responsabilidades das Forças Armadas são fundamentais para estabelecer uma relação de confiança e colaboração mútua entre as Forças Armadas e a sociedade civil, reforçando a importância da clara interpretação do artigo 142 como um elemento de defesa da democracia, e não como uma brecha para ações ilegítimas. Somente com uma atuação responsável, dentro dos limites constitucionais e em consonância com os valores democráticos, é que poderemos consolidar a modernização da participação das Forças Armadas e fortalecer ainda mais nossa democracia.



Dessa forma, concluímos este capítulo reforçando a necessidade de uma modernização da participação das Forças Armadas que esteja em sintonia com os princípios democráticos e os anseios da sociedade brasileira. A busca por uma atuação mais eficiente, transparente e alinhada com a Constituição Federal é fundamental para fortalecer a democracia e promover a segurança nacional de forma responsável e equilibrada.






Esta é a demonstração do capítulo 27 do meu livro:

"Constituição 2.0: Rumo a um Brasil mais Justo e Democrático"




Gostaria de agradecer o seu interesse pelo tema e paciência para chegar até aqui, aproveite e confira outros títulos desse autor:



"Constituição 2.0: Rumo a um Brasil mais Justo e Democrático"



"A Fé Liberal: Desvendando a Religião do Liberalismo"



Desenvolva sua Inteligência Emocional com Salmos: Um Guia Prático



A Jornada do Pequeno Príncipe Brasileiro



Mentes em Chamas: Como Líderes Religiosos e Gurus de Autoajuda Manipulam suas Emoções



Bolsonarismo - Ideologia ou Religião



A Verdadeira Face da Midia: Revelando o Império das Fake News



Cristianismo Atualizado: Neurociência Inteligência Emocional e o Desafio da Política


Envelhecer Conectado: Um guia essencial para dominar a tecnologia e melhorar sua vida após os 50 anos



De volta ao Caminho: Uma Jornada de Superação Pessoal - O lado B do Empreendedor que Ninguém te Conta




NOSSOS DISCURSOS PRONTOS PARA PRÉ-CANDIDATOS e CANDIDATOS AO PODER LEGISLATIVO - VEREADOR - VEREADORA - DEPUTADO(A) ESTADUAL - DEPUTADO(A) FEDERAL


20 Discursos prontos sobre Igualdade Religiosa para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir audiência desde já!


20 Discursos prontos sobre Empoderamento NEGRO para começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir sua audiência rapidamente


20 Discursos prontos sobre Combatendo as Teorias da Conspiração no Brasil para começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir sua audiência


20 Discursos prontos sobre Inclusão Digital da TERCEIRA IDADE para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu Público e construir sua audiência ainda hoje!


20 Discursos prontos sobre Direitos das MULHERES para você trabalhar como Youtuber para ENGAJAR seu Público e construir sua audiência rapidamente


20 Discursos prontos sobre o Governo LULA para ajudar você a trabalhar como Youtuber e ENGAJAR seu Público e construir sua audiência já!


21 Discursos prontos sobre o Governo BOLSONARO para você começar a trabalhar como Youtuber e ENGAJAR seu Público e construir sua audiência nesse momento



20 Discursos prontos sobre ECONOMIA para você trabalhar agora como Youtuber e ENGAJAR seu público e construir sua audiência já


20 Discursos prontos sobre Política parte 2 para você dar a partida e já trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu público e construir sua audiência agora mesmo


20 Discursos prontos sobre Politica para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu público e construir sua audiência hoje mesmo


Super MINI-PACK 20 Discursos prontos sobre ECONOMIA e IMPOSTOS para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para você dar início agora mesmo sua Pré-campanha para Eleição


20 Discursos prontos sobre os Subsídios Governamentais e Incentivos Fiscais para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir audiência agora mesmo!



Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre FAMILIA para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual e Federal para começar hoje mesmo sua Pré-campanha para Eleição


Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre MEIO AMBIENTE para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal iniciar sua Pré-campanha para Eleição


Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre DIREITOS HUMANOS para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para aquecer sua Pré-campanha para Eleição


Super MINI-PACK 17 Discursos prontos sobre SEGURANÇA PUBLICA para Candidato Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar hoje mesmo sua Pré-campanha para Eleição


Super Mini-Pack 15 Discursos prontos sobre SAÚDE para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para começar agora sua Pré-campanha para a Eleição


Super Mini-Pack 10 Discursos prontos sobre EDUCAÇÃO para Candidato Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar já sua Pré campanha para a Eleição


Super Mini-Pack 10 Discursos prontos sobre MULHER para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar sua pré-campanha para Eleição 2024




Coloque esse artigo na Barra de Favoritos do seu Navegador e Continue acompanhando os nossos artigos para saber como melhorar ou construir sua capacidade de liderança no marketing político da pré-campanha até a eleição para Deputado(a) Estadual, Deputado(a) Federal ou Vereador(a) e como pode melhorar completamente suas estratégias para o projeto político on-line e campanha eleitoral.


E aproveite para conhecer nosso SUPER TREINAMENTO TOTALMENTE EM PORTUGUÊS para você Candidato(a) ao Poder Legislativo desenvolver todo seu potencial MELHORANDO SIGINIFICATIVAMENTE SUA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL:

Como enfrentar, combater e parar o ciclo da ansiedade e depressão para ter uma vida mais equilibrada, feliz e saudável Esse Super vídeo curso de 45 vídeos na Prática de Enfrentamento e Combate a Ansiedade e Depressão foi desenvolvida visando auxiliar seu entendimento, reconhecimento e busca por um tratamento adequado da ansiedade e depressão. Sem embromação e sem teorias enfadonhas. As aulas são rápidas objetivas e direto nos pontos importantes que irão fazer a diferença na sua vida. Ao assistir essa série de vídeos você terá mais clareza sobre esse tema e com os conhecimentos aqui compartilhados saberá como parar o ciclo da ansiedade e da depressão assumindo o controle total sobre seus pensamentos, sentimentos e emoções para a partir dai ter uma vida mais equilibrada, feliz e saudável: https://hotmart.com/product/super-video-aulas-saude-mental-enfrentando-combatendo-ansiedade-depressao-bonus-livros-exclusivos/I64214005D



Temos um Curso com vídeo aulas em Português para você descobrir Como Ser SOCIAL MIDIA PRO com CANVA Incluindo Google Ads como Gestor de Tráfego - Xô Crise! Trabalhe no Digital como SOCIAL MIDIA PRO com CANVA(designer) + Google Ads(tráfego) - Para Marketing Político e Negócios Locais para Municípios até 500.000 Habitantes + Módulo Especial para Gerar Recursos para o Candidato ao Poder Legislativo(deputado ou vereador) e/ou Renda Extra para você empreendedor digital!: https://hotmart.com/product/trabalho-digital-social-midia-pro-canva-designer-googleads-trafego-marketing-politico-negocio-local/Y63789492T



Temos um Guia de Marketing no Facebook FACILITADO Passo a passo Completo - que ensina as melhores maneiras de promover no Facebook. Ele também lhe dá instruções passo a passo, para que você possa se envolver no marketing do Facebook com uma chance maior do que a média de sucesso. Se preferir, pode copiar o link e colar no seu navegador: https://www.hotmart.com/product/guia-marketing-fb-facilitado-passo-a-passo-completo


ou copie e cole o link no seu navegador: https://hotmart.com/product/guia-campanha-politica-e-marketing-eleitoral-digital


(Receba mais informações no nosso Curso Passo a Passo de WordPress para Projeto Político 2022, Empresas, Negócios + KIT Marketing de Conteúdo REPLETO de modelos prontos para produção(copiar e colar) + Swipe Files em até 10x SEM JUROS! <---- CLICANDO AQUI MESMO ou copiando o link para o seu navegador: https://www.hotmart.com/product/curso-wp-projeto-politico-empresas-negocios-kit-marketing-de-conteudo-modelos-prontos-producao-copiar-colar-swipe-files)



Temos alguns outros guias, produtos digitais e cursos que podem ajudá-lo com o marketing digital para seu projeto político, causa, ou negócio. Conheça todos os nossos produtos: https://space.hotmart.com/interidade-producao-mentoria-consultoria-marketing-digital-politico-eleitoral-cursos-on-line-ead


Nossos cursos e produtos digitais voltados para Adultos 50 mais, Home-office e Marketing Político:





Comments


Quer Se eleger Deputado Estadual Online nas redes sociais

Quer Se eleger Deputado Estadual Online com site

Quer Se eleger Deputado Estadual Online no Blog

Quer Se eleger Deputado Estadual Online em conta

Quer Se eleger Deputado Federal Online nas redes sociais

Quer Se eleger Deputado Federal Online com site

Quer Se eleger Deputado Federal Online no Blog

Quer Se eleger Deputado Federal Online em conta

Quer Se eleger Vereador Online nas redes sociais

Quer Se eleger Vereador Online com site

Quer Se eleger Vereador Online no Blog

Quer Se eleger Vereador Online em conta

 

No INTERIDADE CURSO ONLINE (interidade-cursos-on-line.com.br) você pode fazer seu Marketing Político para Deputado Vereador com pouco investimento nas redes sociais, Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin, Google Meet, Zoom com qualidade e muito mais.

 

Tenha a ajuda que você candidato(a) a Deputado(a) Estadual Deputado(a) Federal Vereador(a) para sua pré-campanha até a Eleição agora mesmo!

 

Se você procura cursos kits de marketing político guia de qualidade, aqui é o lugar certo. Estamos sempre trabalhando para proporcionar a melhor experiência, para que você possa Se eleger da melhor maneira possível. Somos referência quando o assunto é marketing político online!

 

 

Se eleger Deputado no Twitter - Se eleger Deputado ONLINE nas redes sociais - Se eleger Deputado ONLINE com site - Se eleger Deputado ONLINE nas redes sociais - Candidato Deputado - Candidato Deputado online - Candidato Vereador online - Se eleger Deputado - Se eleger Vereador - Seja Vereador online nas redes sociais - Seja Deputado online nas redes sociais - Deputado nas redes sociais completo - Seja eleito Deputado nas redes sociais - Seja Deputado Federal nas redes sociais - Se eleger Deputado Estadual nas redes sociais - Se eleger Deputado nas redes sociais completo - Se eleger Vereador nas redes sociais online - Seja Deputado - Seja Deputado Estadual - Seja Deputado FederalSeja Deputado Vereador - Se eleja Deputado no Facebook - Se eleja Deputado no instagram - Se eleja Deputado no Twitter - Se eleja Deputado no Linkedin - Se eleja Deputado no Google - Se eleja Deputado no Blog - Seja Deputado Online - Se eleger Deputado Online no Blog - Se eleja Vereador no Facebook - Se eleja Vereador no instagram - Se eleja Vereador no Twitter - Se eleja Vereador no Linkedin - Se eleja Vereador no Google - Se eleja Vereador no BlogSeja  Vereador Online - Se eleger Vereador Online no Blog

bottom of page