top of page
  • Marco Antonio Silva Jorge

Transparência e Accountability - Pilares da Boa Governança - Capítulo 18 Livro - Constituição 2.0



Receba a demonstração do CAPÍTULO 18 do Livro:

"Constituição 2.0: Rumo a um Brasil mais Justo e Democrático"




Capítulo 18: Transparência e Accountability - Pilares da Boa Governança




No capítulo anterior, discutimos a importância de uma assembleia constituinte para promover mudanças significativas em nossa Constituição, a fim de garantir a equidade de gênero e combater a violência contra a mulher. Agora, adentramos em um novo campo de batalha: a busca pela transparência e accountability, que são os pilares fundamentais da boa governança.



A transparência é como uma janela que permite que a luz do conhecimento e da informação adentre os corredores do poder. Ela nos permite ver e entender como as decisões são tomadas, como os recursos são utilizados e como as políticas são implementadas. Através dela, podemos fiscalizar e cobrar dos nossos governantes as ações necessárias para o bem comum.



A accountability, por sua vez, é como uma bússola que nos guia no caminho da responsabilização. Ela exige que aqueles que ocupam cargos de poder sejam responsáveis por suas ações e prestem contas à sociedade. A falta de accountability cria um ambiente propício para a corrupção e a impunidade, minando os alicerces de uma governança sólida e comprometida com o interesse público.



Nossa Constituição de 1988 já prevê princípios e diretrizes relacionados à transparência e accountability, mas é preciso ir além. É necessário aprimorar esses dispositivos, fortalecer os

mecanismos de controle e criar novas formas de garantir que a governança seja transparente e responsável.



Uma das medidas possíveis é a implementação de leis de acesso à informação, que garantam o direito dos cidadãos de terem acesso às informações produzidas e armazenadas pelo Estado. Isso inclui desde os gastos públicos até os processos de tomada de decisão, permitindo que os cidadãos participem de forma efetiva e informada nas questões que afetam suas vidas.



Além disso, é preciso fortalecer os órgãos de controle e fiscalização, como a Controladoria-Geral da União e os Tribunais de Contas, dotando-os de recursos e autonomia necessários para desempenhar suas funções de forma eficiente e independente.



A tecnologia também pode desempenhar um papel crucial na promoção da transparência e accountability. A implementação de sistemas eletrônicos de gestão pública e de controle de gastos, por exemplo, pode facilitar o acompanhamento e a análise das informações, tornando o processo mais ágil e efetivo.



A participação da sociedade civil também é fundamental nesse contexto. É preciso incentivar a atuação de organizações não governamentais, movimentos sociais e cidadãos engajados na vigilância e no monitoramento das ações governamentais. A sociedade civil deve ser uma voz ativa na cobrança por transparência e na exigência de uma governança responsável.



Por fim, é importante destacar que a transparência e accountability não são apenas questões técnicas ou burocráticas. Elas são valores fundamentais para a consolidação de uma democracia saudável e para a construção de um Estado que sirva verdadeiramente aos interesses da população.



Neste capítulo, exploraremos a importância da transparência e accountability na governança, discutindo os desafios e as possibilidades de sua implementação de forma efetiva. Abordaremos casos de sucesso em outros países, onde medidas de transparência e accountability têm contribuído para fortalecer a governança e combater a corrupção.



Um dos desafios é superar a resistência e a falta de vontade política para implementar medidas de transparência. Muitas vezes, os governantes temem que a divulgação de informações comprometa sua imagem ou revele práticas indevidas. No entanto, é necessário lembrar que a transparência é um princípio democrático e um direito do cidadão, e que a falta dela pode minar a confiança na instituição pública.



Outro desafio está na garantia da efetividade das medidas de accountability. Não basta apenas ter leis e mecanismos de controle, é preciso que eles sejam aplicados de forma imparcial e que os responsáveis por atos ilícitos sejam devidamente punidos. Para isso, é necessário fortalecer o sistema de justiça e promover uma cultura de responsabilização.



A falta de cultura de transparência e accountability também é um obstáculo a ser enfrentado. Muitas vezes, as pessoas não têm consciência de seus direitos e não compreendem a importância de exigir transparência por parte do governo. Nesse sentido, é fundamental investir em educação e conscientização para que os cidadãos se tornem agentes ativos na promoção da boa governança.



Uma das possibilidades de avanço nessa área é o uso da tecnologia. A transformação digital oferece ferramentas que facilitam o acesso à informação e o controle social. Plataformas digitais, aplicativos e sistemas eletrônicos podem ser utilizados para disponibilizar dados de forma clara e acessível, permitindo que os cidadãos acompanhem as ações governamentais e denunciem irregularidades.



A criação de órgãos independentes de controle, como as ouvidorias e os conselhos de ética, também é uma medida importante. Essas instâncias têm o papel de receber denúncias, analisar casos de má conduta e propor medidas corretivas. É fundamental garantir a autonomia e a imparcialidade desses órgãos, para que possam desempenhar suas funções de forma efetiva.



Outra estratégia é o estabelecimento de parcerias com organizações internacionais e a troca de experiências com outros países que têm boas práticas de transparência e accountability. A cooperação internacional pode contribuir para o aprimoramento das políticas e para a adoção de medidas mais eficientes.



A transparência e accountability são elementos-chave para fortalecer a confiança entre governo e sociedade, promover a participação cidadã e garantir a eficiência e eficácia das políticas públicas. Ao garantir que as ações governamentais sejam transparentes e responsáveis, podemos construir uma governança mais sólida e comprometida com o interesse público.



Uma das propostas é fortalecer os mecanismos de prestação de contas, como a realização de auditorias independentes e transparentes. Essas auditorias devem ser conduzidas por órgãos especializados e imparciais, que possam avaliar a utilização dos recursos públicos e identificar possíveis irregularidades. Além disso, é fundamental que os resultados das auditorias sejam divulgados de forma acessível ao público, promovendo a transparência e permitindo a participação da sociedade na fiscalização das ações governamentais.



Outra medida importante é a implementação de sistemas de transparência ativa, nos quais o governo disponibiliza proativamente informações sobre suas atividades e gastos. Isso inclui a divulgação de dados sobre contratos, licitações, salários de servidores públicos e informações financeiras, entre outros. Essas informações devem ser de fácil acesso, em formato aberto e compreensível, permitindo que os cidadãos acompanhem de perto as ações do governo e identifiquem possíveis irregularidades.



Além disso, é fundamental promover a participação cidadã e a consulta pública na elaboração e implementação de políticas públicas. Através de mecanismos como audiências públicas, consultas online e espaços de diálogo, é possível envolver os

cidadãos no processo decisório, garantindo que suas vozes sejam ouvidas e consideradas. Isso fortalece a legitimidade das políticas públicas e promove uma governança mais inclusiva e responsável.



No aspecto institucional, é necessário fortalecer os órgãos de controle e fiscalização, como as corregedorias, as ouvidorias e os tribunais de contas. Essas instituições devem ter autonomia e recursos adequados para desempenhar suas funções de forma eficaz, garantindo a responsabilização daqueles que agem de forma inadequada ou corrupta. Além disso, é importante garantir a independência desses órgãos, evitando influências políticas e garantindo a imparcialidade de suas ações.



A educação e a conscientização também desempenham um papel fundamental na promoção da transparência e accountability. É necessário investir em programas de educação cívica, que ensinem os cidadãos sobre seus direitos e responsabilidades na fiscalização do governo. Além disso, é importante promover a cultura da transparência desde cedo, incluindo o tema nos currículos escolares e incentivando a participação dos jovens na vida política e na cobrança por uma governança responsável.



Por fim, a colaboração entre os setores público, privado e a sociedade civil é essencial para fortalecer a transparência e accountability. Parcerias com empresas, organizações não governamentais e instituições acadêmicas podem contribuir para o desenvolvimento de soluções inovadoras e para a troca de boas práticas. O diálogo e a cooperação entre esses atores são fundamentais para promover uma governança transparente, ética e responsável.



A transparência e accountability são os pilares que sustentam uma governança sólida e comprometida com o interesse público. Ao garantir a transparência das ações governamentais e a responsabilização dos agentes públicos, cria-se um ambiente propício para o fortalecimento da confiança da sociedade nas instituições e para a construção de uma democracia saudável.



A colaboração entre os setores público, privado e a sociedade civil é uma via de mão dupla. Enquanto o setor público deve se abrir para a participação e o controle social, o setor privado e as organizações não governamentais têm o papel de agir como fiscalizadores e promotores da transparência. Essa sinergia possibilita o compartilhamento de experiências, a ampliação de recursos e a criação de soluções conjuntas que impulsionam a boa governança.



No âmbito do setor público, é necessário fomentar a cultura de transparência e accountability desde o nível mais básico das instituições até as esferas de decisão mais elevadas. Isso implica em promover treinamentos e capacitações que sensibilizem os servidores públicos sobre a importância da prestação de contas e da responsabilização pelos atos praticados. Além disso, é crucial criar canais de denúncia seguros e eficientes para que irregularidades sejam reportadas e investigadas de forma adequada.



No setor privado, as empresas também têm a responsabilidade de atuar de forma transparente e responsável. Isso inclui divulgar informações sobre suas práticas de governança, seus impactos sociais e ambientais, bem como serem proativas na adoção de medidas anticorrupção. A transparência nos negócios contribui para a confiança dos consumidores e investidores, além de ser um fator de competitividade e de sustentabilidade a longo prazo.



Já a sociedade civil desempenha um papel essencial como agente fiscalizador. Organizações não governamentais, movimentos sociais e cidadãos engajados têm a responsabilidade de acompanhar de perto as ações do governo, exigir informações e cobrar por respostas quando necessário. A participação ativa da sociedade civil contribui para o fortalecimento da democracia e para a garantia de que as decisões políticas sejam pautadas pelo interesse coletivo.



A implementação efetiva da transparência e accountability requer a combinação de elementos legais, institucionais e culturais. É necessário contar com leis robustas que garantam o acesso à informação e a responsabilização dos agentes públicos, bem como com instituições capacitadas e independentes para exercer o controle e a fiscalização. No entanto, também é fundamental desenvolver uma consciência cívica que valorize a importância da transparência e que cobre de forma ativa por uma governança ética e responsável.



Nesse contexto, é fundamental analisar alguns artigos da Constituição Federal de 1988 que estão defasados e precisam ser atualizados para fortalecer a transparência e a prestação de contas no país.



Artigo 37 - A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes do Brasil deve atuar com transparência, conforme estabelecido na Constituição Federal de 1988. Isso significa que todas as ações e gastos do governo devem ser disponibilizados de forma clara e acessível para o cidadão. Não podemos deixar nenhuma informação nas sombras, tudo deve ser iluminado!



Artigo 5º - O direito fundamental de acesso à informação é garantido a todos os cidadãos brasileiros. Isso implica que temos o direito de saber o que está acontecendo em nosso país, como o dinheiro público está sendo utilizado e quais são as decisões tomadas pelos nossos representantes. Não queremos segredos escondidos, queremos informações abertas e disponíveis!



Artigo 70 - O Tribunal de Contas da União tem o importante papel de fiscalizar a aplicação dos recursos públicos. É responsabilidade desse órgão evitar malabarismos contábeis e truques que possam desviar recursos ou mascarar informações. É como um jogo de tabuleiro, o TCU está atento para garantir que todas as peças estejam no lugar certo! A accountability, ou responsabilização, é um princípio-chave da boa governança. Significa que os gestores públicos devem prestar contas de suas ações e serem responsabilizados por eventuais irregularidades. É como um jogo de xadrez, onde cada movimento precisa ser justificado e os erros podem resultar em consequências para o jogador.



Artigo 14 - As eleições são momentos cruciais para a democracia, e é fundamental que sejam livres e limpas. Ninguém gosta de trapaças em um jogo justo, e o mesmo vale para o processo eleitoral. Precisamos garantir que todas as etapas sejam transparentes, sem manipulações ou artimanhas que comprometam a vontade popular.



Artigo 22 - A responsabilidade de legislar sobre a transparência e accountability é atribuída à União. É importante que as leis sejam atualizadas e aprimoradas constantemente, levando em consideração as mudanças sociais, tecnológicas e políticas. É como um videogame, precisamos atualizar as regras para acompanhar a evolução do jogo! A transparência e accountability devem ser incentivadas também nos municípios, estados e Distrito Federal. É necessário que todas as esferas de governo estejam comprometidas com a prestação de contas, garantindo que a transparência seja um valor incorporado em todos os níveis de gestão. É como um jogo em equipe, onde todos os jogadores estão alinhados e jogam de acordo com as mesmas regras.



Artigo 204 - A assistência social deve ser organizada com base nos princípios da transparência e da participação popular. Isso significa que devemos promover a transparência das ações e programas sociais, bem como incentivar a participação ativa da população na definição de prioridades e na fiscalização dessas políticas. É como uma grande festa, onde todos têm direito de participar e saber o que está acontecendo! A transparência e accountability devem estar presentes também na gestão dos recursos destinados à assistência social. É importante garantir que os programas sociais sejam transparentes e que os recursos sejam utilizados de forma eficiente e em benefício daqueles que mais necessitam. É como um jogo solidário, onde todos têm a oportunidade de vencer e superar desafios juntos.



Artigo 37 - Os cargos públicos devem ser preenchidos por meio de concursos públicos, garantindo a igualdade de oportunidades e evitando favorecimentos e nomeações suspeitas. Aqui, não há lugar para cartas marcadas, todos têm que jogar com as mesmas regras e habilidades! A transparência e a accountability não se restringem apenas ao âmbito do poder público. Também devem ser aplicadas no setor privado, especialmente quando empresas recebem recursos públicos ou desempenham atividades de interesse coletivo. É como um jogo em equipe, onde todos devem jogar limpo e seguir as regras do jogo social.



Artigo 5º - A liberdade de expressão é um direito fundamental que não pode ser cerceado. Devemos garantir um ambiente em que as pessoas possam falar abertamente, sem medo de represálias, e onde a verdade possa ser exposta. Nenhum segredo pode sufocar a voz daqueles que desejam se expressar! A participação cidadã é um elemento-chave para fortalecer a transparência e accountability. É fundamental incentivar a participação ativa da sociedade civil na tomada de decisões públicas, por meio de consultas públicas, audiências e canais de diálogo. É como um jogo em equipe, onde todos têm voz e contribuem para o desenvolvimento das regras do jogo.



Artigo 5º - A proteção dos denunciantes, conhecidos como whistleblowers, é essencial para fortalecer a transparência e accountability. É preciso criar mecanismos de proteção e incentivo à denúncia de irregularidades, garantindo que aqueles que expõem práticas ilícitas sejam amparados e não sofram retaliações. É como um jogo de coragem, onde os jogadores têm o apoio necessário para revelar a verdade.



Artigo 74 - O controle externo, exercido pelo Congresso Nacional, é essencial para garantir a transparência e a responsabilidade na administração pública. Esse controle é realizado por meio de auditorias, fiscalizações e análise das contas do governo, com o objetivo de verificar se os recursos públicos estão sendo utilizados de forma adequada e em conformidade com a lei. É como um jogo de tabuleiro, onde o Congresso Nacional desempenha o papel de árbitro, garantindo que as regras sejam seguidas e as jogadas sejam transparentes. É importante incentivar a criação de mecanismos de controle social, como conselhos e comissões, para que os cidadãos possam acompanhar de perto as ações do governo e contribuir para uma gestão mais transparente e responsável.



Após uma análise detalhada sobre os princípios da transparência e accountability presentes na Constituição Federal de 1988, surge a reflexão sobre a necessidade de uma atualização para os desafios contemporâneos. Nesse contexto, o livro "Constituição 2.0" propõe a realização de uma assembleia constituinte, um verdadeiro jogo de ideias e diálogos, para construir uma nova carta magna que promova uma sociedade mais justa, inclusiva e responsável.



A assembleia constituinte seria como um grande tabuleiro, onde os representantes do povo, de diferentes segmentos da sociedade, se reúnem para discutir e debater as bases de uma nova constituição. Cada jogador traz consigo suas propostas e visões, buscando encontrar um consenso que garanta a participação ampla e efetiva de todos os cidadãos.



Esse jogo constitucional requer regras claras e transparentes, de modo que todos os participantes tenham a oportunidade de se expressar livremente. As cartas marcadas e os favorecimentos devem ser banidos, dando lugar a um ambiente democrático e igualitário, onde as ideias sejam valorizadas pelo seu mérito.



Durante o jogo constituinte, é preciso considerar a importância da liberdade de expressão, garantindo que todos os jogadores possam expor suas opiniões sem temer represálias. A verdade deve ser buscada incansavelmente, afastando qualquer tentativa de sufocar a voz daqueles que desejam contribuir para a construção de uma nova ordem constitucional.



O controle externo, exercido pelo povo e seus representantes, é uma peça-chave nesse jogo constitucional. É necessário estabelecer mecanismos eficientes de fiscalização e auditoria, assegurando que as regras do jogo sejam seguidas e que os recursos públicos sejam utilizados de forma adequada e transparente.



Assim como no capítulo anterior, a cultura também deve ser protagonista nesse jogo constituinte. A diversidade cultural e a participação ativa de diferentes grupos sociais garantem a representatividade e a pluralidade de ideias, enriquecendo o debate e contribuindo para a construção de uma nova constituição que reflita os valores e as aspirações de toda a sociedade.



A transparência e accountability, que foram pilares discutidos no capítulo anterior, também devem estar presentes nessa nova fase constitucional. A divulgação de informações, a participação da sociedade na fiscalização dos gastos públicos e a prestação de contas dos representantes são elementos indispensáveis para promover a confiança e a responsabilidade no jogo constitucional.



A tecnologia, por sua vez, desempenha um papel fundamental nessa nova fase constituinte. Plataformas digitais, aplicativos e sistemas interativos podem ampliar a participação cidadã, permitindo que os jogadores acompanhem o desenvolvimento do jogo e contribuam com suas propostas e críticas.



No fim do jogo, a conclusão desse capítulo seria a construção de uma nova constituição que esteja alinhada com os princípios da transparência e accountability, promovendo uma governança sólida e responsável. Esse processo constituinte é desafiador, mas ao mesmo tempo empolgante, pois oferece a oportunidade de repensar as bases do nosso sistema político e jurídico. Seria como uma partida de xadrez, em que cada movimento estratégico contribui para a conquista do objetivo final: uma constituição atualizada e adaptada aos anseios da sociedade contemporânea.



A construção dessa nova constituição deve considerar não apenas as demandas presentes, mas também as perspectivas futuras. É como um jogo de antecipação, em que os jogadores devem se preparar para os desafios que ainda estão por vir, garantindo que a constituição seja flexível e capaz de se adaptar às mudanças sociais, tecnológicas e ambientais.



A inclusão e a participação popular são fundamentais nesse jogo constituinte. A voz dos cidadãos deve ser ouvida e valorizada, garantindo que diferentes grupos e minorias tenham espaço para contribuir com suas experiências e demandas específicas. É como um jogo de equipe, em que cada jogador tem um papel importante a desempenhar para alcançar a vitória coletiva.



Além disso, é essencial considerar a transparência no processo constituinte, tornando todas as etapas acessíveis ao público. As regras, as discussões, as negociações e as decisões tomadas durante o jogo devem ser claras e compreensíveis para todos. Afinal, a participação cidadã só pode ser plena quando há informação e conhecimento sobre o andamento do jogo.



Ao final desse jogo constituinte, espera-se que a nova constituição seja um marco para a sociedade brasileira, refletindo os avanços conquistados nas áreas da transparência, accountability e governança. É como a final de um campeonato, onde o troféu é a nova constituição, resultado do esforço coletivo e do engajamento de todos os jogadores envolvidos.



No entanto, é importante lembrar que o jogo constituinte não se encerra com a promulgação da nova constituição. É necessário manter a vigilância e o compromisso com os princípios da transparência e accountability ao longo do tempo, promovendo a sua efetiva implementação e garantindo que sejam incorporados na prática política e institucional.



Uma possibilidade a ser discutida seria a inclusão de ferramentas de governança, como as oferecidas pela empresa TOTVs no processo constituinte pode ser considerada como uma opção viável para fortalecer a transparência e accountability. As soluções tecnológicas fornecidas pela TOTVs podem auxiliar na gestão eficiente e no controle dos recursos públicos, promovendo a integridade e a eficácia das políticas governamentais.



Uma maneira de incorporar essas ferramentas na constituição seria estabelecer dispositivos que incentivem o uso de tecnologias inovadoras no âmbito governamental. Poderiam ser criados artigos que prevejam a adoção de sistemas digitais para o registro e monitoramento de informações financeiras, orçamentárias e administrativas, garantindo a transparência e a prestação de contas em tempo real.



Além disso, a constituição poderia prever a necessidade de parcerias entre o Estado e empresas especializadas em tecnologia, como a TOTVs, para desenvolver e implementar soluções personalizadas de governança. Essas parcerias poderiam ser regulamentadas por meio de leis específicas ou regulamentos, que estabeleçam critérios de transparência, concorrência e segurança na contratação de serviços tecnológicos.



Outra possibilidade seria incluir no texto constitucional a obrigação do Estado de utilizar sistemas de governança eletrônica, que permitam o acesso fácil e intuitivo às informações públicas, além de mecanismos de participação cidadã. Isso poderia facilitar o acompanhamento das ações governamentais pelos cidadãos e fortalecer a accountability, tornando possível a identificação de irregularidades e o engajamento da sociedade na fiscalização dos recursos públicos.



No entanto, é importante ressaltar que a escolha de fornecedores de tecnologia deve ser pautada por critérios de transparência, competitividade e idoneidade, assegurando que a contratação de empresas como a TOTVs seja feita de forma justa e ética, evitando qualquer tipo de favorecimento ou monopolização.



A inclusão dessas medidas no texto constitucional seria uma forma de garantir a efetividade das ferramentas de governança oferecidas pela TOTVs e de outras empresas do setor, ao estabelecer um marco legal que assegure a sua adoção e utilização contínua. Dessa forma, as soluções tecnológicas poderiam contribuir para a construção de uma governança mais transparente, eficiente e responsável, em consonância com os princípios do capítulo sobre transparência e accountability na constituição.



Portanto, a proposta de uma assembleia constituinte, como apresentada nesse livro, traz consigo a esperança de um novo jogo constitucional, em que os valores da transparência, accountability e participação cidadã sejam os pilares fundamentais. É um convite para repensarmos e reinventarmos as regras do jogo, visando à construção de uma sociedade mais justa, equitativa e responsável.






Esta é a demonstração do capítulo 18 do meu livro:

"Constituição 2.0: Rumo a um Brasil mais Justo e Democrático"




Gostaria de agradecer o seu interesse pelo tema e paciência para chegar até aqui, aproveite e confira outros títulos desse autor:



"Constituição 2.0: Rumo a um Brasil mais Justo e Democrático"



"A Fé Liberal: Desvendando a Religião do Liberalismo"



Desenvolva sua Inteligência Emocional com Salmos: Um Guia Prático



A Jornada do Pequeno Príncipe Brasileiro



Mentes em Chamas: Como Líderes Religiosos e Gurus de Autoajuda Manipulam suas Emoções



Bolsonarismo - Ideologia ou Religião



A Verdadeira Face da Midia: Revelando o Império das Fake News



Cristianismo Atualizado: Neurociência Inteligência Emocional e o Desafio da Política


Envelhecer Conectado: Um guia essencial para dominar a tecnologia e melhorar sua vida após os 50 anos



De volta ao Caminho: Uma Jornada de Superação Pessoal - O lado B do Empreendedor que Ninguém te Conta




NOSSOS DISCURSOS PRONTOS PARA PRÉ-CANDIDATOS e CANDIDATOS AO PODER LEGISLATIVO - VEREADOR - VEREADORA - DEPUTADO(A) ESTADUAL - DEPUTADO(A) FEDERAL


20 Discursos prontos sobre Igualdade Religiosa para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir audiência desde já!


20 Discursos prontos sobre Empoderamento NEGRO para começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir sua audiência rapidamente


20 Discursos prontos sobre Combatendo as Teorias da Conspiração no Brasil para começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir sua audiência


20 Discursos prontos sobre Inclusão Digital da TERCEIRA IDADE para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu Público e construir sua audiência ainda hoje!


20 Discursos prontos sobre Direitos das MULHERES para você trabalhar como Youtuber para ENGAJAR seu Público e construir sua audiência rapidamente


20 Discursos prontos sobre o Governo LULA para ajudar você a trabalhar como Youtuber e ENGAJAR seu Público e construir sua audiência já!


21 Discursos prontos sobre o Governo BOLSONARO para você começar a trabalhar como Youtuber e ENGAJAR seu Público e construir sua audiência nesse momento



20 Discursos prontos sobre ECONOMIA para você trabalhar agora como Youtuber e ENGAJAR seu público e construir sua audiência já


20 Discursos prontos sobre Política parte 2 para você dar a partida e já trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu público e construir sua audiência agora mesmo


20 Discursos prontos sobre Politica para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR seu público e construir sua audiência hoje mesmo


Super MINI-PACK 20 Discursos prontos sobre ECONOMIA e IMPOSTOS para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para você dar início agora mesmo sua Pré-campanha para Eleição


20 Discursos prontos sobre os Subsídios Governamentais e Incentivos Fiscais para você começar a trabalhar como Youtuber ENGAJAR Público e construir audiência agora mesmo!



Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre FAMILIA para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual e Federal para começar hoje mesmo sua Pré-campanha para Eleição


Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre MEIO AMBIENTE para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal iniciar sua Pré-campanha para Eleição


Super MINI-PACK 10 Discursos prontos sobre DIREITOS HUMANOS para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para aquecer sua Pré-campanha para Eleição


Super MINI-PACK 17 Discursos prontos sobre SEGURANÇA PUBLICA para Candidato Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar hoje mesmo sua Pré-campanha para Eleição


Super Mini-Pack 15 Discursos prontos sobre SAÚDE para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal para começar agora sua Pré-campanha para a Eleição


Super Mini-Pack 10 Discursos prontos sobre EDUCAÇÃO para Candidato Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar já sua Pré campanha para a Eleição


Super Mini-Pack 10 Discursos prontos sobre MULHER para Candidato(a) Vereador(a) Deputado(a) Estadual Federal começar sua pré-campanha para Eleição 2024




Coloque esse artigo na Barra de Favoritos do seu Navegador e Continue acompanhando os nossos artigos para saber como melhorar ou construir sua capacidade de liderança no marketing político da pré-campanha até a eleição para Deputado(a) Estadual, Deputado(a) Federal ou Vereador(a) e como pode melhorar completamente suas estratégias para o projeto político on-line e campanha eleitoral.


E aproveite para conhecer nosso SUPER TREINAMENTO TOTALMENTE EM PORTUGUÊS para você Candidato(a) ao Poder Legislativo desenvolver todo seu potencial MELHORANDO SIGINIFICATIVAMENTE SUA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL:

Como enfrentar, combater e parar o ciclo da ansiedade e depressão para ter uma vida mais equilibrada, feliz e saudável Esse Super vídeo curso de 45 vídeos na Prática de Enfrentamento e Combate a Ansiedade e Depressão foi desenvolvida visando auxiliar seu entendimento, reconhecimento e busca por um tratamento adequado da ansiedade e depressão. Sem embromação e sem teorias enfadonhas. As aulas são rápidas objetivas e direto nos pontos importantes que irão fazer a diferença na sua vida. Ao assistir essa série de vídeos você terá mais clareza sobre esse tema e com os conhecimentos aqui compartilhados saberá como parar o ciclo da ansiedade e da depressão assumindo o controle total sobre seus pensamentos, sentimentos e emoções para a partir dai ter uma vida mais equilibrada, feliz e saudável: https://hotmart.com/product/super-video-aulas-saude-mental-enfrentando-combatendo-ansiedade-depressao-bonus-livros-exclusivos/I64214005D



Temos um Curso com vídeo aulas em Português para você descobrir Como Ser SOCIAL MIDIA PRO com CANVA Incluindo Google Ads como Gestor de Tráfego - Xô Crise! Trabalhe no Digital como SOCIAL MIDIA PRO com CANVA(designer) + Google Ads(tráfego) - Para Marketing Político e Negócios Locais para Municípios até 500.000 Habitantes + Módulo Especial para Gerar Recursos para o Candidato ao Poder Legislativo(deputado ou vereador) e/ou Renda Extra para você empreendedor digital!: https://hotmart.com/product/trabalho-digital-social-midia-pro-canva-designer-googleads-trafego-marketing-politico-negocio-local/Y63789492T



Temos um Guia de Marketing no Facebook FACILITADO Passo a passo Completo - que ensina as melhores maneiras de promover no Facebook. Ele também lhe dá instruções passo a passo, para que você possa se envolver no marketing do Facebook com uma chance maior do que a média de sucesso. Se preferir, pode copiar o link e colar no seu navegador: https://www.hotmart.com/product/guia-marketing-fb-facilitado-passo-a-passo-completo


ou copie e cole o link no seu navegador: https://hotmart.com/product/guia-campanha-politica-e-marketing-eleitoral-digital


(Receba mais informações no nosso Curso Passo a Passo de WordPress para Projeto Político 2022, Empresas, Negócios + KIT Marketing de Conteúdo REPLETO de modelos prontos para produção(copiar e colar) + Swipe Files em até 10x SEM JUROS! <---- CLICANDO AQUI MESMO ou copiando o link para o seu navegador: https://www.hotmart.com/product/curso-wp-projeto-politico-empresas-negocios-kit-marketing-de-conteudo-modelos-prontos-producao-copiar-colar-swipe-files)



Temos alguns outros guias, produtos digitais e cursos que podem ajudá-lo com o marketing digital para seu projeto político, causa, ou negócio. Conheça todos os nossos produtos: https://space.hotmart.com/interidade-producao-mentoria-consultoria-marketing-digital-politico-eleitoral-cursos-on-line-ead


Nossos cursos e produtos digitais voltados para Adultos 50 mais, Home-office e Marketing Político:





Comentários


Quer Se eleger Deputado Estadual Online nas redes sociais

Quer Se eleger Deputado Estadual Online com site

Quer Se eleger Deputado Estadual Online no Blog

Quer Se eleger Deputado Estadual Online em conta

Quer Se eleger Deputado Federal Online nas redes sociais

Quer Se eleger Deputado Federal Online com site

Quer Se eleger Deputado Federal Online no Blog

Quer Se eleger Deputado Federal Online em conta

Quer Se eleger Vereador Online nas redes sociais

Quer Se eleger Vereador Online com site

Quer Se eleger Vereador Online no Blog

Quer Se eleger Vereador Online em conta

 

No INTERIDADE CURSO ONLINE (interidade-cursos-on-line.com.br) você pode fazer seu Marketing Político para Deputado Vereador com pouco investimento nas redes sociais, Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin, Google Meet, Zoom com qualidade e muito mais.

 

Tenha a ajuda que você candidato(a) a Deputado(a) Estadual Deputado(a) Federal Vereador(a) para sua pré-campanha até a Eleição agora mesmo!

 

Se você procura cursos kits de marketing político guia de qualidade, aqui é o lugar certo. Estamos sempre trabalhando para proporcionar a melhor experiência, para que você possa Se eleger da melhor maneira possível. Somos referência quando o assunto é marketing político online!

 

 

Se eleger Deputado no Twitter - Se eleger Deputado ONLINE nas redes sociais - Se eleger Deputado ONLINE com site - Se eleger Deputado ONLINE nas redes sociais - Candidato Deputado - Candidato Deputado online - Candidato Vereador online - Se eleger Deputado - Se eleger Vereador - Seja Vereador online nas redes sociais - Seja Deputado online nas redes sociais - Deputado nas redes sociais completo - Seja eleito Deputado nas redes sociais - Seja Deputado Federal nas redes sociais - Se eleger Deputado Estadual nas redes sociais - Se eleger Deputado nas redes sociais completo - Se eleger Vereador nas redes sociais online - Seja Deputado - Seja Deputado Estadual - Seja Deputado FederalSeja Deputado Vereador - Se eleja Deputado no Facebook - Se eleja Deputado no instagram - Se eleja Deputado no Twitter - Se eleja Deputado no Linkedin - Se eleja Deputado no Google - Se eleja Deputado no Blog - Seja Deputado Online - Se eleger Deputado Online no Blog - Se eleja Vereador no Facebook - Se eleja Vereador no instagram - Se eleja Vereador no Twitter - Se eleja Vereador no Linkedin - Se eleja Vereador no Google - Se eleja Vereador no BlogSeja  Vereador Online - Se eleger Vereador Online no Blog

bottom of page